quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Odeio

(Seguindo o modelo do post passado.)

Ser acordada cedo aos fins de semana a não ser para ir à praia. Ter que dar satisfação de minhas atitudes. Arrumar meu armário ou qualquer outra tarefa doméstica. Música brega no último volume na casa do vizinho. Ser apressada. Minhas amnésias/relapsos de memória constantes. Não ser fisionomista. Dificuldade de confiar nas pessoas. Que interrompam minha leitura. Falar assim que acordo. Ir a lugares nos quais não conheço quase ninguém. Depender financeiramente dos meus pais. Decepcionar pessoas. Ser relapsa com amigos. Promessas ditas com teor de verdade, mas que não serão cumpridas. Pessoas fúteis com apenas um assunto. Relacionamentos forjados e superficiais. Que apertem minhas unhas dos pés (não tentem entender). Pessoas que acreditam fazer parte da minha vida sem que eu dê liberdade. Minha antipatia. Não ser extrovertida e não conversar com todos. Ter que ser agradável quando não quero. Ser muito calada diversas vezes (e outras tantas falar sem parar). Demorar muito tempo para esquecer alguém. Programas como TV fama e superpop. Críticas a meu ótimo gosto musical por não ser como a maioria. Ser julgada por não ser simpática. Não controlar o riso quando devo. Não fazer grande coisa para melhorar o mundo. Esquecer datas importantes. Sentir-me perdida em uma conversa. Pessoas que inventam histórias para terem o que falar. Pessoas que falam demais de sua vida, abertamente. Falta de privacidade. Injustiça. Ter me desencantado com o mundo. Ter parado de dançar, mesmo que isso fosse necessário. Falta de humildade. Pessoas intolerantes. Que depositem expectativas em mim. Trabalhar sob pressão. Que reclamem da MINHA falta de organização. Magoar quem não merece sofrer. Pedir dinheiro emprestado. Minha estatura. Ser o centro das atenções. Ser tímida. Quem não dá lugar ao idoso no ônibus. Falta de educação. Egoísmo. Descontar meu estresse em alguém que não tenha nada a ver. Encontrar conhecidos no shopping. Quem se acha o dono da verdade em tudo sem ter argumentos válidos. Ostentação. Falta de determinação.

                                             Ah, Feliz 2012!

4 comentários:

  1. Cara, tirando a parte "que apertem minhas unhas dos pés", esse post foi feito pra mim! rsrs
    Adorei o blog, adorei sua forma de expressão. Me identifiquei muito.
    Acompanharei as próximas postagens ♥
    Beijos,

    saahandradee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. aaah eu tbm odeio mtas coisas que vc odeia rsrs

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Me identifiquei muito com várias coisas do post, sério. Principalmente sobre as amnésias hahahaha

    ResponderExcluir
  4. oi, paula :)
    eu adoro textos que envolvem coisas do cotidiano, e desconfio que esse seja o motivo que me faz não conseguir parar de ler blogs. muito legal perceber essas coisas pequenas que nos incomodam assim como as que deixam nosso dia melhor.
    um beijo e feliz 2012!

    ResponderExcluir

Deixe sua lembrança...