domingo, 27 de fevereiro de 2011

realidade

   A coisa que mais me assusta, depois do futuro, é a realidade.

  Algo frio e inesperado que, como um balde de água fria, me toma toda a sensação de estar vivendo uma vida que não me pertence.

  Dei-me conta de que vai ser difícil. Não que eu não tivesse tal noção, mas convenhamos que na teoria é tudo muito mais simples. Quando percebi do que se tratava, eu entendi a importância desse meu momento. Ele é tão único e por isso me assusta.

  Já ouvi tantas vezes que a realidade é dura e sinceramente, odeio ter que repetir isso pelo simples fato de odiar ditados e frases prontas. Frases prontas só servem para parecermos politicamente corretos e intelectuais. Apesar disso, a realidade é, digamos, fria.

  Esse meu momento exige muito, mais do que qualquer coisa pela qual tenha passado. E não tem nada a ver com sentimentos, é totalmente o contrário. Tenho que agir da forma mais impessoal possível, deixando de lado meus aspectos psicológicos e draminhas adolescentes.

  Foco. É tudo o que eu preciso. Trata-se de um objetivo que pretendo alcançar.

  Uma vez me disseram que sou subjetiva com as palavras. Talvez não seja tanto assim, a verdade é que sou mal interpretada. Ou ninguém faça um esforço maior para tentar me entender.

  No fim, acho que tentei passar uma coisa e não disse nada.

“A gente pensa uma coisa, acaba escrevendo outra e o leitor entende uma terceira coisa... e, enquanto se passa tudo isso, a coisa propriamente dita começa a desconfiar que não foi propriamente dita.”  Mário Quintana

2 comentários:

  1. Paula, é incrível como você consegue transmitir sinceridade por meio das palavras. Essa última parte também é verdade, nunca conseguimos falar o que realmente queremos, por mais claros que tentamos ser. Mas eu juro que vou me esforçar para tentar te entender.

    ResponderExcluir
  2. Realmente tudo na teoria é mais fácil, por isso temos tanto medo e insegurança.
    Gostei muito da citação. Leio o que escrevo uma vez, outra e outra pra ver se há mais de uma interpretação. E por mais cuidado que a gente tenha, conseguem interpretar de outra forma... Isso é difícil.
    Abraço ;)
    [www.donodavoz.com]

    ResponderExcluir

Deixe sua lembrança...