domingo, 20 de fevereiro de 2011

Autonomia

  Busco um ideal, uma realidade independente de qualquer um. Quero viver o que estiver guardado, descobrir um mundo novo e ilimitado onde eu encontre meu equilíbrio. Prezo minha liberdade e me espanto com minha autonomia.

  Não pretendo estar presa a nada, não quero sentimentos de culpa junto comigo. Espero estar sempre além e me encontrar e descobrir-me dentro de mim todas as vezes que for preciso.

  Quando me dou conta, o medo é só mais um resquício. Minha vontade e determinação de vencer são muito maiores do que qualquer dúvida.

  Dê-me asas, quero alçar voo. Sei que sou apenas um filhote, um pequenino pássaro, mas é falhando e caindo que obtenho êxito. Estou pronta para cair e levantar, incessantemente.

2 comentários:

  1. é exatamente a mesma sensação que eu estou sentindo! muito bom.

    ResponderExcluir
  2. "Tome estas asas quebradas e aprenda a voar
    Toda sua vida, você somente estava aguardando esse momento para alçar vôo"

    Refletindo sobre seu texto, aliás, me fez lembrar desta música.

    ResponderExcluir

Deixe sua lembrança...