terça-feira, 27 de julho de 2010

Fazer valer à pena

 

Nota: Peço desculpas pela minha ausência, estive de férias e não tive como postar.                                    

***

 

  Eu era o tipo de pessoa que sempre pensava demais antes de fazer as coisas. Para tomar uma atitude, era preciso antes analisar sob todos os ângulos as conseqüências que tal ato poderia me trazer futuramente. Eu era uma chata. Tudo bem, ainda sou. Mas posso dizer que melhorei consideravelmente nesse aspecto. E sabe por quê?

  Porque eu não quero mais me importar com nada além do que eu viver hoje. Não quero ter que olhar pro lado e ver se está tudo bem com todos, se está tudo no lugar certo. Pra que existem tantas regras de etiqueta, de comportamento, de atitude se, no fundo, nenhum de nós quer realmente segui-las? Por que não posso simplesmente satisfazer meus impulsos, se isso me faz tão bem? Sinto-me livre ao fazê-los, sinto-me viva. Não posso mais apenas sentar e esperar a vida passar. Apenas viver, não é isso o que eu quero. Quero arriscar, mudar, falar, sentir, abraçar, beijar e tudo quando eu sentir vontade. Não é preciso que ninguém me diga o que fazer, pois quando o faço, tenho plena noção das conseqüências e ainda assim quero seguir em frente. Porque é isso que me faz bem, me mantém viva e me faz respirar. É essa vontade louca de viver e de sentir até onde eu quiser ou não quiser mais.

  No fim, acho que é disso que todos precisamos: liberdade para fazer nossas próprias escolhas e agir da forma que quisermos. Vivemos num mundo tão cheio de padrões e estereótipos que em um determinado momento sentimos essa necessidade de fuga. Pra mim, essa é a beleza da vida. É o que faz a diferença e até o que nos faz feliz.

  Não me arrependo de nada que eu tenha feito. Podem achar que foi errada certa atitude, mas se me fez bem e se fui feliz, então valeu à pena. Não posso mais me importar com tanta insignificância quando, na verdade, o que importa é o que me deixa realizada. E é assim que quero viver.

***

  Faz um tempo que recebi um meme da Lívia (o blog dela é uma gracinha, textos muito lindos!), mas só consegui postar agora. Eu indico esse meme à Larah e Monique (se quiserem, é claro). Não costumo fazer isso, mas confesso que eu achei esse bem legal. Segue abaixo:

1 – Qual seu nome?
Paula Napolião

2 – Onde você mora?
Rio de Janeiro.

3 – Quantos anos você tem e quando é seu aniversário?
16, 1º de Agosto.

4 – Qual sua altura e qual número você calça?
1,57, acho. 35.

5 – Estado civil ou situação, tem filhos?
Namorando, não.

6 – Qual sua comida favorita?

Sabe que eu não sei?! Mas eu amo quindim.

7 – Qual a sua bebida favorita?
Suco de laranja, sempre.

8 – Como você se auto define?
Teimosa, simpática só quando quero, personalidade forte, indecisa.

9 – Qual o seu sonho?
Passar pra Uerj/UFF/UFRJ . Ser feliz!

10 – Qual o seu pior defeito?
Indecisão.

11 – Trabalha atualmente em quê?
Nada.

12 – Faz faculdade ou algum curso?
Curso de inglês e quero começar um de Fotografia.

13 – Tem algum bichinho de estimação, qual o nome?
Não :(

14 – Qual sua banda, dupla ou cantor[a] favorito?
São muitos! Mas tenho escutado muito John Mayer, Paramore, James Morrison, Rosa de Saron.

15 – Teu filme, e ator/atriz favorito?
Filme: Diário de uma paixão e Querido John. Ator/atriz: Will Smith.

16 – Tem saudade de algo, ou alguém?
Demais... saudade faz parte da minha vida já rs.

17 – Fato que mais marcou sua vida?
Muitas ocasiões me marcaram, mas talvez os sofrimentos marquem mais porque me fizeram crescer.

18 – Tem apelidos, quem te chama?
Paulinha, Pequena (bem sugestivo), Chuchu, e muitos outros que não fazem o mínimo sentido.

19 – Com o que você não pode sair de casa sem?
Blush e meu celular.

20 – Qual tua marca de maquiagem favorita?
Duda Molinos .

21 – Onde costuma comprar roupas?
Qualquer lugar que me agrade.

22 – Você pretende casar?
Sim. Ainda acredito nas pessoas (:

23 – Você está apaixonada/o?
Sim.

24 – Qual produto que você não troca de jeito nenhum?
Meus livros (?)

25 – Diga 1 dica, truque ou produto que descobriu na internet:
Descobri muitas bandas legais no last.fm, o site é muito legal pra quem curte música.

26 – Diga 2 produtos [área da beleza] que você quer, mas ainda não comprou:
A coleção da Victoria Secrets hahaha.

27 – Porque decidiu criar um blog?
Para escrever, tentar me entender, esvaziar mente e coração e desabafar. É o primeiro blog, dentre muitos que já tive, que dura tanto tempo.

28 – Coloque uma foto sua que você mais goste:
A do perfil eu gosto bastante.

É isso. Acho que não vou demorar muito a postar de novo, ando inspirada (raridade!). Até!

7 comentários:

  1. Eu também pensava demais antes de escolher qualquer coisa ou tomar qualquer decisão. De repente, depois de uns acontecimentos, decidi curtir a vida e fazer o que eu queria! Mas a sociedade é tão PUTA que não consegue ver os outros felizes, comentam e falam mal, por não serem a coragem de viver e seguir em frente. Então criticam os que conseguem fazer isso, sabe?
    :)

    Ótimo meme! Meu pior defeito também é a indecisão.

    Beijos!

    www.julianaurquisa.com

    ResponderExcluir
  2. Eu também não consigo me livrar dessa horrível mania de pensar demais e analisar por todos os ângulos. Mas como eu penso bastante, às vezes eu também decido que é preciso "me dar férias" e deixar meus impulsos comandarem a situação. E isso é bom, porque simplesmente vivemos e não "programamos uma vida".

    Parabéns pelo blog! Beijos. ;**
    Carol
    www.-changement.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente gostaria de dizer que adorei o seu comentário no meu blog! Fiquei feliz em saber que você ouviu minhas indicações musicais (às vezes acho que ninguém presta atenção nelas rs).
    Até hoje eu penso muuuito antes de fazer as coisas. E é como você disse: analiso todos os ângulos possíveis, o que pode acontecer em cada um e etc. Na verdade acho que sou medroso =/ Preciso melhorar nesse aspecto o mais rápido possível! Eu achei incrível a frase do post: "Pra que existem tantas regras de etiqueta, de comportamento, de atitude se, no fundo, nenhum de nós quer realmente segui-las?". Faz todo o sentido.
    Também adoro o blog da Lívia, ele escreve tão bem e sempre assuntos importantes :) Quando fiz esse meme não respondi a questão 25, mas lendo a sua, preciso dizer que também aprendi a usar o Last.fm (hoje não vivo sem mais).
    Abraço ;D
    www.donodavoz.com

    ResponderExcluir
  4. Vou adorar responder ao meme, Paulinha!

    Seu texto ficou muito legal. Me acho um tanto diferente, não penso muito e muitas vezes acabo por me dar mal e por me arrepender. Impulsividade, pra que te quero.

    Aliás, muito obrigada pelo comentário no blog! Fico feliz que você tenha se identificado. Sobre fotografia, também sou amadora. Li muito antes de comprar minha câmera e creio que todas sejam boas. A minha é uma Nikon D3000; acredito que você vá gostar já que as opções da câmera são muito semelhantes com as de uma digital normal e super fáceis de lidar para quem está começando (como nós). Canon é outra marca maravilhosa, porém acredito que seja relativamente mais cara.

    Uma boa dica é procurar blogs de fotografia por aí, sempre ajudam em alguma coisa (joga no google e você vai achar uns legais).

    Beijos,
    Monique.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi Paula,

    Gostei do seu texto, e adianto logo que a sua dificuldade em decidir as coisas tem jeito... basta fazer isso mesmo que você cita no texto. Viver sem pensar muito nas coisas, pensar sim é importante, somos racionais, devemos pensar... mas não se tornar um ser calculista, isso faz mal na hora de decidir as coisas. Quer uma dica, simplesmente decida com certeza.

    "Vermelho ou preto?" Resposta: Preto.

    "Ir a praia de manhã com os amigos ou boate a noite?" Resposta: Os dois se tiver condição.

    "Sair com Fulano ou Ciclano?" Resposta: Nenhum dos dois, vou me divertir com beltrano.

    Apenas decida e não pense em mais nada a respeito da decisão. Pratique isso.

    http://lolobranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Algumas dessas regras de etiqueta deixam as pessoas tão falsas. Tão melhor não seguir quando você não quer do que ser falso, né? Se tudo isso não existisse o mundo seria mais confortável pra muita gente.
    Ainda preciso fazer esse meme, mas nunca me lembro. E o last.fm é mesmo uma ótima dica, não vivo sem o meu.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Deixe sua lembrança...